Um pequeno aparte acompanhado de links para ler e pensar

As últimas 48horas foram uma pedrada no charco (mental). Uma espécie de beliscão para a realidade. Sim mafalda, estás a meses de acabar o projecto de mestrado, sim é na área que gostas, sim vais conseguir, sofrer, berrar, arrancar cabelos, ganhar uns quantos brancos pelo caminho, mas o fim está próximo e vai acontecer algo de bom. Sim mafalda, estás experimentar técnicas de ilustração que nunca tinhas pensado sequer que alguma vez pudesses experimentar, sim, parece que com trabalho e boa disposição poderás acreditar que sim o consegues fazer e que a tua ilustração tem futuro.

Não liguem muito ao discurso extremamente positivo/afirmativo, é uma espécie de incentivo a continuar.
Ou pode ser do cansaço... muito cansaço mesmo, depois de passar o dia no atelier de gravura a imprimir e escavar linóleo (não necessariamente, mas também nesta ordem). Uns quantos cortes (nas mãos) depois, e umas experiências ainda por fazer fiquei muito satisfeita com o resultado. [podia ter sido menos megalómana e ter só uma placa, em vez de seis, mas acho que não me reconheceria].

Mas isto tudo porque queria partilhar algumas inspirações/reflexões para o fim-de-semana:

Dos limites da privacidade por da Sílvia Silva [raparigas como nós] - Em que ela fala sobre Blog vs Facebook.



Ao qual a Vera João Espinha escreveu uma espécie de resposta às questões que a Sílvia levanta. Partilhar ou não no perdi o fio à meada.


Hoje, a Constança Cabral do Saídos da Concha escreveu um post [Things I'm Not Afraid to Tell You] sobre "honestidade e autenticidade online".


Relacionado com actualidade e com actividade do design(er), dois post do Mário Moura no seu blog The Ressabiator. - O Canário e Design:Identidade e Instituição

Por hoje é tudo. Bom fim de semana e se gostam de calor, aproveitem ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário